Confrontos: Cruzeiro tem retrospecto favorável diante do Atlético Paranaense

  • Angel Drumond
  • 09/11/2018 10:02
Vinnicius Silva/Cruzeiro

A equipe estrelada volta a campo neste sábado para enfrentar o Atlético-PR pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. A 62ª partida entre os adversários será realizada às 19h, na Arena da Baixada, em Curitiba. Nesse embate, a Raposa leva ampla vantagem sobre o rival paranaense com 26 vitórias, 19 empates e 16 derrotas. São 95 gols marcados e 75 sofridos.

Pelo Campeonato Brasileiro a vantagem também é celeste, com 19 triunfos contra 12 do Atlético-PR e 15 empates. O Maior de Minas marcou 75 gols e sofreu 57.

No estado do Paraná, as equipes se enfrentaram por 28 vezes, todas as partidas realizadas na capital. O confronto é equilibrado com nove vitórias do Cruzeiro, assim como a equipe da casa e outros 10 empates. O time mineiro marcou 41 gols e sofreu 38. Pelo Brasileirão, em Curitiba, foram 20 partidas, com seis vitórias da equipe mineira, oito empates e seis vitórias do time paranaense. O Cruzeiro marcou 33 gols e sofreu 29.

Outro grande equilíbrio marca os confrontos realizados na Arena da Baixada, local da partida deste sábado. Nos 17 jogos realizados no estádio, o Cruzeiro venceu seis, perdeu outros seis e empatou cinco vezes. O ataque celeste balançou as redes adversárias por 28 vezes e a defesa sofreu 26 gols. Pelo Brasileirão, houve 12 confrontos entre as duas equipes, com três vitórias da Raposa, quatro empates e cinco triunfos do adversário, que fez 19 gols, enquanto a Raposa marcou 20.

Decisões

As agremiações se enfrentaram em duas decisões nacionais. Em 1999, o Atlético-PR foi campeão do Torneio Seletivo da Libertadores, com vitória por 3 x 0, em Curitiba, e derrota por 2 x 1, em Belo Horizonte. Em 2002, o Cruzeiro foi campeão da Copa Sul-Minas com duas vitórias, 2 x 1, em Curitiba, e 1 x 0 em Belo Horizonte, esta última com gol marcado pelo lateral esquerdo Sorín.

Confira os principais artilheiros do Cruzeiro no confronto entre as agremiações:

5 gols: De Arrascaeta e Fábio Júnior
4 gols: Alex e Alex Alves
3 gols: Aristizábal e Wellington Paulista